SOBRE O BLOG

Resenha: Daisy Está na Cidade


Título: Daisy está na cidade
Autora:  Rachel Gibson
Páginas:  320
Editora: Jardim dos Livros
Ano: 2015



Sinopse: Daisy Lee Monroe está de volta a Lovett, Texas, e depois de muitos anos descobriu que pouca coisa mudou. Sua irmã continua uma louca e sua mãe ainda tem flamingos de plástico rosa no quintal. E Jackson Lamott Parrish, o bad boy que ela havia deixado para trás, ainda é tão sexy quanto antes. Ela gostaria de poder evitar este homem em particular, mas ela não pode. Daisy tem algo a dizer para Jackson, e ela não vai a lugar nenhum até que ele escute. Jackson aprendeu a lição sobre Daisy da maneira mais difícil, e agora a única palavra que ele está interessado em ouvir dos lábios vermelhos de Daisy é um adeus. Mas ela está surgindo em toda parte, e ele não acredita em coincidência. Parece que a única maneira de mantê-la quieta é com a boca, mas beijar Daisy já foi sua ruína no passado. Ele é forte o suficiente para resistir a ela agora? Forte o suficiente para vê-la sair da sua vida novamente? Ele é forte o suficiente para fazê-la ficar?


                                          ___________________________________________

Adoro romances água com açúcar, daqueles que você já tem uma ideia de como o livro vai terminar logo nas primeiras páginas, e com o livro “Daisy Está na Cidade” da autora Rachel Gibson não foi diferente. A autora possui uma escrita leve que te prende do começo ao fim.

Confesso que no começo achei o livro um pouco “chato”, digo no sentindo de muito parado. A mocinha da história Daisy, não decidia o que fazer e ficou meio que uma enrolação no começo.
A história gira em torno de três amigos inseparáveis: Daisy Brooks, Jackson Parrish e Steven Monroe que se conheceram no sexto ano do colégio e faziam tudo juntos. O que os dois rapazes não esperavam era que ambos se apaixonariam por Daisy com o passar dos anos. 

Daisy por sua vez começa a perceber as mudanças nos garotos e se encanta cada vez mais por Jack. Os dois começam a se encontrar as escondidas sem que Steven descubra ou desconfie de algo. Só que como tudo não são flores, uma tragédia acontece na família de Jack, ao mesmo tempo em que Daisy descobre que está esperando um filho dele.

Desesperada e sem saber o que fazer logo depois de tentar contar sobre a gravidez e Jack pedir um tempo, Daisy conta todo o seu problema para Steven e os dois acabam se casando e se mudam da pequena cidade Lovett no Texas.

Jackson não gosta quando a mulher que ele ama e seu melhor amigo chegam a sua casa contando que estão de malas prontas e que se casaram. Sem entender o real motivo, os anos se passam e Jack ainda não os perdoou.

Passados exatos 15 anos, Daisy está de volta à cidade logo após Steven falecer decorrente de uma doença muito grave. Antes de morrer, Steven pediu para que Daisy entregasse uma carta para Jack e que contasse que Nathan é seu filho.  

Vários acontecimentos vão se desenrolando ao caminhar da história e depois é só “fofura”. Peguei-me em diversas partes do livro rindo com a insistência dos dois em não admitirem que ainda sentem algo um pelo outro. Jack com o passar do tempo ficou ainda melhor e Daisy mesmo depois de anos continua como Jack recordava de seu docinho, apelido que a chamava quando eram adolescentes.

Um romance super recomendado e gostoso de ler. Rachel Gibson mais uma vez não me decepcionou.

Classificação:


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Acabou de sair!

No Google +

Leve com você!

Entre páginas e palpites