SOBRE O BLOG

Resenha: Sombras da Primavera


Título: Sombras da Primavera
Autora: Keila Gon
Páginas: 461
Editora: Novo Século
Ano: 2014


Sinopse: Amor, escolha, compromisso... No segundo volume da saga, Melissa e Vincent lutam para perseverar em suas promessas e arriscam suas vidas para encontrar uma resposta... Quem controla o coração? O medo ou o amor? Conflitos agitam a frágil realidade do Mundo Físico, enquanto intrigas se multiplicam em um Mundo Mágico, inóspito, onde nem tudo é o que parece ser. Amizades improváveis surpreendem com novas alianças; maldições e traições colocam o perigo perto de quem se ama. Sombra e Luz estão em confronto mais uma vez... entre dificuldades e perdas, a esperança renasce com uma surpreendente descoberta e apenas a herança de uma linhagem única poderá mudar o rumo dessa história. Melissa e Vincent confiaram no destino, agora, precisam confiar na força deste amor.

                                      ______________________________________________
                                  
Sombras da Primavera é o segundo volume da Saga Cores escrita pela autora brasileira, Keila Gon publicado pela editora Novo Século. Descobri essa série pela rede social Skoob e posso afirmar que não sosseguei até comprar o primeiro volume “Cores de Outono” na Bienal do Livro em minha cidade. Já podem imaginar a minha agonia de comprar a continuação.

Em Sombras da Primavera voltamos a ficar cheia de borboletas no estômago e encantadas pelo par de olhos azul turquesa do mago Vicent Dippel. Com seu jeito sombrio, voltamos a presenciar o amor que existe entre o mago e Melissa e compartilhamos com eles todos os obstáculos que ambos devem enfrentar para conseguir viver esse amor.

Vicent é um mago das sombras, sua linhagem é amaldiçoada e acha que o seu destino é viver seu lado obscuro. Sua linhagem foi amaldiçoada pelo senhor da dimensão das sombras, o temido Demônio das Sobras (Victor) e segundo a tradição nenhum mago será feliz sem antes passar por alguma infelicidade, fazendo assim com que fiquem solitários.

Com isso, Melissa é obrigada a mostrar a Vicent que seu destino pode ser mudado. Ela acredita no seu amor pelo mago e tem certeza que se os dois enfrentarem todos os perigos que existem nas terras mágicas tudo de ruim que eles podem encontrar pode ser enfrentado.

Vicent é apaixonado por Melissa, e vê-la machucada é algo que não consegue suportar passar novamente como aconteceu em Cores de Outono. Ele tenta esconder várias informações dos perigos que podem existir em seu mundo para Melissa, mas acaba se dando conta que é impossível, pois sua companheira é difícil de enganar.

Outros personagens nesse livro também ganham maiores destaques. A pequena maga Alice irmã de Melissa continua linda, com apenas seis anos já consegue ter controle pela sua magia. Voltamos a nos encantar pelo gigante “cachorro” Eros, que na verdade é Armand e nos deparamos com a beleza de Ayla, a ninfa Soberana das Águas que deixa Melissa louca de ciúmes pela amizade entre ela e seu mago.

Melissa em determinado momento se vê sozinha e faz de tudo para encontrar seu amor. Em vista disso, ela começa a descobrir que não é uma garota tão comum e percebe que o mundo mágico tem mais ligação com ela do que ela próprio pode imaginar.

O livro contém varias cenas de te tirar o fôlego, Keila de uma maneira brilhante consegue fazer com que o leitor se imagine presenciando todos os lugares magníficos que ela descreve tão bem.


Quem ainda está na dúvida se deve ou não ler a Saga Cores eu garanto que vocês estão perdendo tempo, pois Keila Gon é mais uma autora brasileira promissora no mercado literário. 


Classificação:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Acabou de sair!

No Google +

Leve com você!

Entre páginas e palpites